" Viver é a coisa mais rara do Mundo. A maioria das pessoas apenas existe " Oscar Wilde
23 de Fevereiro de 2015

Caros leitores,

Cada vez mais sinto e percebo que assisto a um tempo único no Caminho da Civilização Humana.

Vejo os sinais inquestionáveis da tomada de lugares e de poder da face do Mal. Percebo a queda do que " outrora foi" por algo novo, mas não melhor!

A luta já não se faz pelo contexto ideológico. Não!

Os novos combates são simplesmente pelo " ter" ou " não ter". A luxúria do ter assumiu proporções nunca anteriormente vistas. O Poder já não reside em quem se vê, ou na esfera dos Estados. Não!

A nova definição do Poder, que é a face do Mal, é agora invisível. Os seus agentes posicionam-se constantemente através do exercício inquestionado de uma estranha forma de lealdade amoral. Que nada questiona. Que nada pergunta. Que nada pensa ou cogita sobre a tarefa imposta. É a voluntária submissão a um novo poder, que toma lugares e posições na conquista de Tudo.

Valores adquiridos e ressalvados em muitos documentos jurídicos que vincularam nos últimos 70 anos as nações, caiem uns atrás dos outros. A massa humana dos Povos, agora com muitos diplomas mas mais inculta do que as anteriores gerações!, deixa passar...enquanto discutem os "espectáculos das massas"!

Música sem letra e sem conteúdo...teatro sem contexto nem mensagem...literatura de bolso sem palavra válida, preenchem a oferta cultural pelo globo.

Níveis de pobreza civilizacional como nunca a evolução Humana conheceu, tornam-se factos despercebidos e sem consideração. As camaras de legisladores tornam-se lugares de discussões animadas como outro qualquer espectáculo de entretenimento barato. Os eleitos procuram lugares e os eleitores nem percebem a que são periodicamente chamados. As eleições são meras oportunidades de show, sem real discussão, sem projectos, sem planos. Os eleitos revezam-se em alternâncias estagnadas, onde a submissão é o critério único para se assumir o cargo.

As lideranças mantêm-se numa oligarquia enferma e débil. O povo está anestesiado por um sistema educacional que começou a produzir resultados: a estupidificação massiva com a emissão de diplomas. A arte da tertúlia e da troca de ideias com divergência opinativa está moribunda. Nas universidades debita-se matéria para ser regurjitada nos exames e não como forma de semear o pensamento.

Na Justiça a criação de Leis faz-se a um ritmo frenético que somente tem como objectivo o empastelamento da mesma. Neste fenómeno de prolifera, mas insana criação Legal, os diplomas que importam são redigidos em salas fechadas de escritórios internacionais de juristas, por ordem superior e para fornecer cobertura legal aos mais hediondos actos de confisco e de um continuado atentado a Valores adquiridos por anteriores gerações.

Os atropelos na aplicação da Justiça representam um retrocesso inquestionável dos seus mais elevados Princípios e Valores, que em breve a Todos irá chegar e afectar!

Os velhos e doentes são deixados a morrer, para não afectar tabelas de excel, que debitam números escolhidos por formulas de calculo selecionadas por forma a manter um povo incapaz de perceber a realidade.

Comentadores de serviço, desfilam nos meios de comunicação social, debitando verdades escolhidas e previamente aprovadas.

A pobreza reside escondida e afastada das massas circulantes e, somente chega à informação como forma de fomentar uma atitude de assistencialismo que tem como primeira missão, fornecer a Todos um sentido de espiamento de culpa. O velho sentido de " não dês peixe, mas ensina a pescar", não se traduz nestes Tempos.

Em breve iremos assistir a um novo ordenamento, em que os velhos e menos capazes serão condenados à morte por já nada poderem contribuir para o novo sentido do " ter"!

Somente aqueles que são capazes de trabalhar, produzir e, acima de tudo, pagar, é que serão mantidos. Enfim, um mundo onde a função económica se sobrepõe a todas as outras.

Duvidam os meus leitores?!

pois bem...então deixo um número: em 1961 a diferença entre os que mais tinham para os que menos tinham era de...12!...actualmente é de 542!

Sem Freio

publicado por semfreio às 19:33
Fevereiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
links
últ. comentários
Muito bem, concordo plenamente.É a Europa que temo...
estou plenamente de acordo e subscrevo as suas pa...
Se me tirarem os sinais de nascença... Se me desfi...
Abraços apertados doManuel Sá Marques
blogs SAPO